Publicado por: z. Jan Righi | agosto 31, 2009

oiqoiqoiq Voltei~Familias machistas

Confesso que eu me senti inspirada a postar depois de ver o blog do meu ex-namorado, o Patrick.

http://alemaodoido.wordpress.com/

não, ele não pediu pra eu divulgar e sim eu sou maluca o suficiente pra conversar com um ex .

Enfim, faz quase um mês desde o notas de segunda e eu acho que vou voltar com isso, aparentemente eu vou ter mais tempo e estou muito descoupada/vagal, não literalmente, pra falar com as pessoas estou, pra tentar postar no blog não estou. Sim, eu tenho prioridades esquisitas. Mas voltando ao pont:

Outro dia eu estava na lotação, em uma das minhas idas pro shopping com a Marcela e companhia e algo me pegou muito de surpresa foi uma familia. Eram duas mulheres e tres crianças, as duas aparentemente eram irmãs, uma tinha um casal de filhos e a outra um filho só.

Elas estavam conversando sobre o futuro das crianças e perguntando pra elas o que elas seriam, até aí tudo completamente normal. Mas quando a mãe virou e falou “Meu filho vai ser doutror, né, Felipe? E a Karen vai ser uma boa esposa.” Eu fiquei OMG: PARA A LOTAÇÃO QUE EU QUERO DESCER. Como dizem isso em pleno século XXi, depois da queima de sutiãs, da liberação sexual, dos direitos igualitários, da luta pra conseguir independencia, a dupla jornada, o desejo de liberdade… PRA ONDE VAI A LUTA FEMINISTA ESSAS HORAS?

Caramba, a menina tem direito de escolher o que vai fazer, se vai querer ser professora, dentista, frentista, economista, programadora, prostituta, metarlugica… TUDO O QUE ELA QUISER. Assim como os meninos ela pode ser doutora, juiza, bombeira, policial, pedreira, chef. Qualquer coisa.O importante é que ela não seja traficante, informante, corrupta, ladra, sinonimos de politico e outras profissões indignas.

Na verdade, o importante mesmo é a felicidade e se ela se sente bem com que está fazendo, se ela se sente avontade, se tem desejo por aquilo, se tem folego e vontade pra tocar aquilo.

A escolha da profissão revela muito sobre uma pessoa, mostra o que ela vai fazer durante a vida dela toda e o melhor: suas preferencias.
Boa noite;)

Anúncios

Responses

  1. e quem disse que a menina ja não havia dito pra mãe que queria ser dona de casa? alguma coisa contra elas? ^o)

    • Bem, a menina tinha uns 8 meses, acho que ela NÃO FALAVA. =)

      beigos 13 anos ❤


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: