Publicado por: z. Jan Righi | maio 19, 2009

Previously on LOST

Eu passei boa parte da minha ainda inacabada adolescencia, vendo esse bendito seriado. E bem, será comum eu  falar um pouco das minhas teorias malucas sobre a série.
Enfim, esse post tem spoilers pra quem ainda não viu a quinta temporada de LOST e pra quem não viu LOST 😉

É meio difícil falar do último episódio dessa 5ª e esclarecedora temporada sem falar dela como um conjunto.
Incident e toda a temporada mostrou, ao meu ver, que os meios podem ser mudados, mas talvez, os fins não.

No início, as aparentemente intermináveis viagens no tempo nos deixaram muito confusos, mas nosso querido e falecido físico Daniel Faraday nos explicou, quase tudo.
Após John Locke girar a roda,  deixou a todos aqueles apenas uma condição: viver em 1974.  Nossos queridos, Jin, James, Juliet, Miles, Daniel, os sumidos Rose, Bernard e Vincent. Uma mentira foi inventada e sustentada por longos três anos, na década de 70. Uma iniciativa cientifica apoiada na segurança de um homem sólido e rígido, James La’ Fleur, com ajuda de Jin e de Miles. Daniel o físico embarcou no tão misterioso submarino, Juliet foi convencida a ficar pelo homem que passou a amar. Bernard, Rose e Vicent? Esses, só saberíamos depois.
Fora da Ilha três anos depois, os Oceanic Six confusos com uma história de um homem chamado John Locke ou Jeremy Bentham. ‘Como assim temos que voltar’? Foi o que eles pensaram. Mas após o mentiroso Ben Linus matar John Locke e apresentar os adultos Oceanic´s a misteriosa Sra. Hawking, mãe do físico deixado pra trás, eles decidiram voltar. Cada um por seu motivo: fé, família, mortos, vivos, amor. Ou será que destino seria o melhor motivo?
Nós descobrimos mais um homem de fé, pra ser precisa, um homem de ciência convertido em um homem de fé. E descobrimos um outro líder, um outro homem não de ciência, mas sim de controle entre razão e sentimento: James Ford.
Quando eles voltaram pra Ilha encontraram uma Dharma estruturada e grata ao senhor La’ Fleur e, por assim dizer, suas esposa Juliet. Mistérios respondidos sobre a Dharma? Tivemos muitos. Quem foi Pierre Chang, quem estava na Ilha, construção da Cisne, da Orquidea. Descobrimos sobre os outros, seu templo, túneis, bombas e tivemos um pouco de noção sobre o passado de pessoas que até então eram incógnitas, como  Elloise Hawking e Charles Widmore, pais de Faraday, talvez também de Penny.  Os Oceanic chegaram e acabaram com toda a brincadeira de casinha dos habitantes do futuro. Hurley encarregado da cozinha, Kate na oficina, Jack como zelador, Sayid considerado Outro. Em pouquíssimo tempo eles atiraram no Ben, foram até os outros sem permissão, seqüestraram, fugiram, tentando não mudar nada. Mas aí chega Daniel dizendo que as variáveis são importantes, que devemos esquecer as constantes, porque somos as variáveis. Entendo que não é exatamente isso que acontece. Desmond, na terceira temporada tentou salvar Charlie de todas as maneiras, se for pensar, ele tentou mudar o destino do garoto, mas ele não conseguiu. De qualquer maneira, não importa qual, o que tinha que acontecer, aconteceria.
E como disse Kate, desde quando matar crianças e explodir bombas se tornou algo legal? Jack movido pelo destino, na verdade, pela desculpa de destino. Sawyer entendeu muito bem o que aconteceu principalmente quando Juliet disse ‘ se eu não tiver te conhecido não sofrerei por te perder’.  Jack apenas movido pela vontade de apagar tudo o que ele viveu de ruim, apagar o que ele viveu com Kate.
Miles disse algo com o que eu concordo plenamente ‘será que vocês não estão causando o que queriam evitar?’.
Outro ponto extraordinário é : como as pessoas mudam de idéia rápido. Kate, Juliet e Sawyer em um minuto estavam tentando fazer Jack Shephard não explodir uma bomba de hidrogênio, fugindo de um submarino e encontrando o casal 20 Rose e Bernard, no outro estavam ajudando o Jack a explodir a bomba. Acredito que Sawyer foi o único que não mudou integralmente pro lado do Jack, ele mudou pro lado da Juliet, é diferente. Ele se viu sozinho, diante daquela situação. Todos voltaram a seguir Jack. A dor de James foi tão profunda quando Juliet soltou sua mão para cair em uma escuridão desconhecida, que o ator deveria ganhar todos os prêmios possíveis. Foi a coisa mais linda do mundo. Mas não acredito que a bomba tenha explodido e que Juliet tenha morrido. Lembram-se quando Desmond Hume explodiu a escotilha e voltou no tempo? Pois bem, acho que o mesmo vai ocorrer com a Loira e digo mais, esse acidente eletromagnético vai ocasionar a volta de todos para o´presente´. O clarão que vimos não foi a explosão da bomba, mas sim um acidente assim como o causado por Desmond, esse acidente que vai fazer o avião cair 27 anos depois.

E quanto a Jacob? Fiquei um tanto decepcionada de ter esperado cerca de duas temporadas e meia pra descobrir quem ele era e o mesmo morre. Mas valeu a pena.  Não posso deixar de comentar, mas a Kate roubando, desde pequena, isso foi hilário. James Ford traumatizado escrevendo aquela carta. De todos eles, o Hurley foi o único que o Jacob só visitou após a queda do Oceanic.Por que será?
Agora temos um novo antagonismo, o ´John Locke´ que ao que me pareceu é apenas uma ´casca´ para aquele indivíduo dos primeiros minutos do Incident, e Jacob, que se morreu vai aparecer no corpo de alguém que pode ser: FRANK LAPPIDUS. Tá viajei? Não acho :D. É possível sim.

Resumindo: bomba não explodiu, fim das viagens do tempo, Jacob em Lappidus,  Juliet viva, quarteto amoroso de volta e o melhor: mais um mistério. Quem é aquele homem que está em John Locke?

Anúncios

Responses

  1. […] tantas aventuras… Vídeos, Teorias Malucas, curiosidades sobre o meu ser, conteúdo interessantíssimo, críticas a sociedade, […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: